15Jun
Cruz de mármore representando um dos símbolos da diferença entre cemitério público e privado

Diferença entre cemitério público e privado: qual escolher?

Uma das partes burocráticas que ocorrem depois de verificada a perda de um ente querido é saber qual cemitério escolher. Esta questão não envolve apenas a logística de conhecimento da diferença entre cemitério público e privado, mas também o aspecto emocional. Por essa razão, é fundamental agir com clareza para evitar desgastes e despesas indevidas no futuro. Continue a leitura deste artigo para saber o que esperar desses dois modelos de ambientes disponíveis para o sepultamento.

Qual a diferença entre cemitério público e privado?

1- Direito aos jazigos

Os jazigos são lugares onde as pessoas são colocadas quando morrem. Aqui no Brasil, o direito a este é reservado tanto em cemitérios públicos, quanto em particulares. No entanto, a diferença entre cemitério público e privado com relação a este modelo de sepultura se dá no grau de cuidados reservados a ela.

Veja, em cemitérios particulares os donos ficam a cargo de custear todos os valores relativos à manutenção e posse. Já no tipo público, os jazigos ficam sob administração do poder municipal.

2- Terreno

Como o próprio nome já diz, os cemitérios privados possuem terreno de origem particular. Esta redundância precisa ser esclarecida, pois, os de origem pública utilizam a lógica inversa. Isso é, embora o direito à sepultura exista, cemitérios públicos fazem concessões para utilização do terreno que pertence à administração pública da cidade.

3- Direito de perpetuidade

Como já falamos do terreno, o direito de perpetuidade também assume papel interessante. Este garante que em alguns casos as famílias possam solicitar o direito à aderência de jazigo perpétuo. A aplicação se estende aos cemitérios públicos, tendo em conta que a sepultura já se faz perpétua quando adquirida em cemitério particular

Um ponto interessante da diferença entre cemitério público e privado é que em jazigos temporários, a cova retoma para o poder administrativo depois do tempo estimado para exumação. Em conclusão, após este período a ossada precisa ser alocada em gavetas ou cremada.

4- Manutenção

Os custos com manutenção também podem ser encontrados na diferença entre cemitério público e privado. Isso se deve em função de aspectos como limpeza, pintura e conservação, geralmente, estarem inclusos no valor pago por jazigo em cemitérios particulares. Por outro lado, em cemitérios públicos as taxas não obedecem a um regulamento. Esse fator pode fazer com que as demandas sejam admitidas de forma diferente, o que simboliza risco de gastos indevidos.

5- Atuação do auxílio-funeral

O auxílio-funeral pode ser solicitado tanto para cemitérios públicos, quanto para privados. Em ambos os casos a seguradora fica a cargo de realizar os serviços considerados extras: preparo de corpo e disponibilização de coroa de flores. Assim, a celebração fúnebre poderá ocorrer sem interferências.

Gostou de ter conhecido mais sobre a diferença entre cemitério público e privado? Conte com a Central Santa Casa uma das melhores funerárias do RJ! Realizamos assistência funeral rj! Entre em contato conosco para conhecer nosso serviço. Conheça essa funerária no Rio de Janeiro!

Veja mais artigos como este em nosso blog. Lá estão:

Posts RecentesTags